pix

Descubra como Pix transformou as transações bancárias. Saiba mais sobre as últimas tendências e comece a usar o Pix hoje.

Pagamentos
  • Empresas de todos os portes, desde microempreendedores individuais (MEIs) até grandes corporações, podem se beneficiar das facilidades oferecidas pelo sistema Pix.
  • A chave Pix para pessoas jurídicas (PJ) é uma identificação única vinculada à conta da empresa, que pode ser utilizada para receber pagamentos de forma simplificada.
  • Cada banco pode estabelecer suas próprias tarifas para as operações neste formato, que podem variar conforme o volume e tipo de transação.

O Pix para empresas funciona como uma plataforma de pagamento instantâneo que oferece uma alternativa rápida, conveniente e segura para receber pagamentos, contribuindo para a melhoria da gestão financeira e a otimização dos processos de pagamento e recebimento.

A segurança dessas transações é garantida pelos protocolos de segurança adotados pelo Banco Central do Brasil e pelas instituições financeiras. 

Quanto às taxas cobradas, cada banco pode estabelecer suas próprias tarifas para as operações Pix, que podem variar conforme o volume e tipo de transação. 

Alguns bancos oferecem opções de Pix gratuitos para determinados pacotes de serviços, enquanto outros podem cobrar tarifas por transação. 

Benefícios do Pix para pessoa jurídica

O sistema oferece diversos benefícios para as empresas, incluindo:

  • Redução de custos: economia em taxas de transação, já que muitas instituições financeiras oferecem tarifas mais baixas para Pix do que as dos cartões e boletos bancários, ou até mesmo isenção de taxas para o uso do sistema.
  • Facilidade de Integração: pode ser facilmente integrado aos sistemas de pagamento das empresas, proporcionando uma experiência de checkout mais fluida para os clientes.
  • Flexibilidade de horário: está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, incluindo feriados, permitindo às empresas realizar transações a qualquer momento.
  • Agilidade: pagamentos instantâneos, agilizando o fluxo de caixa das empresas e otimizando processos de contas a pagar e a receber. 
  • Segurança: utilização de protocolos avançados de segurança para proteger as transações, como criptografia de ponta a ponta e autenticação multifatorial.

Como criar Pix para empresas?

Para começar a utilizar esse método de pagamento, as empresas devem cadastrar a Chave Pix associada à sua conta bancária, utilizando informações como CNPJ, e-mail, número de telefone ou uma chave aleatória gerada pelo banco.

Após o cadastro, a empresa pode:

  1. Gerar QR Codes: gerar QR Codes personalizados para cada transação ou para pagamentos recorrentes. Esses QR Codes contêm todas as informações necessárias para a transação, como valor e identificação do recebedor.
  2. Enviar de Links de Pagamento: gerar links de pagamento e enviá-los aos clientes por e-mail, mensagem de texto ou aplicativos de mensagens. Os clientes podem clicar no link e serem direcionados para uma página onde poderão inserir os detalhes da transação e confirmar o pagamento.
  3. Receber o pagamento instantaneamente: quando um pagamento é feito via Pix, o valor é transferido instantaneamente da conta do pagador para a conta da empresa receptora, mesmo fora do horário bancário e nos finais de semana e feriados.
  4. Conciliar pagamentos: é possível acompanhar e conciliar os valores recebidos através do Pix utilizando relatórios e extratos disponibilizados pelos bancos e instituições financeiras.

QR Code Pix estático, dinâmico e tradicional

Existem três tipos de QR Codes Pix: tradicional, estático e dinâmico. 

O tradicional é único para cada transação e contém todas as informações necessárias para o pagamento. 

Já o estático pode ser utilizado várias vezes e contém informações fixas, como o valor a ser pago e a identificação da empresa. 

Por fim, o dinâmico é gerado para cada transação e pode conter informações variáveis, como o valor e a descrição do pagamento.

Diferença entre Pix, TED e DOC

O TED tem horário limite para realização das transações e o DOC pode levar até um dia útil para ser compensado.

Já o PIX possibilita a transferência instantânea de valores a qualquer momento, todos os dias da semana, incluindo finais de semana e feriados.

Taxa do Pix para empresas

O Pix trouxe uma revolução nos pagamentos para empresas, oferecendo uma alternativa ágil e segura para transferências e recebimentos. 

No entanto, embora apresente diversos benefícios, também há considerações importantes a serem feitas, especialmente no que diz respeito às possíveis taxas para empresas.

Embora muitos bancos ofereçam isenção de taxas ou tarifas reduzidas para o uso desse sistema de pagamentos, algumas instituições ainda podem cobrar valores significativos, especialmente para empresas com alto volume de transações.

Existe Pix gratuito?

Existe Pix gratuito. No entanto, é importante estar ciente das possíveis taxas e limitações associadas ao seu uso.

Na tabela de tarifas abaixo, você pode conferir as tarifas cobradas por cada instituição financeira para o uso do Pix para PJ (pessoa jurídica):

Banco/instituição Taxa para envio de Pix Taxa para receber via QR Code Pix
InfinitePay Gratuito Gratuito
Banco "Amarelo" 0,99% 0,99%
Banco "Vermelho e Preto" 1,4% 1,4%
Banco "Laranja" 1,45% 1,3%
Banco "Azul e Dourado" 0,9% 1,3%
Banco "Roxo" Gratuito Gratuito
Banco "Vermelho e Branco" 1,4% R$ 6,54

*Dados obtidos a partir da tabela de tarifas para pessoa jurídica divulgada no site oficial de cada banco citado. Consulta feita em 10/06/2024.

Pix grátis e ilimitado é na InfinitePay

Para as empresas que desejam evitar ou minimizar as taxas associadas ao uso do Pix, uma alternativa é buscar instituições financeiras que oferecem o serviço gratuitamente. 

A InfinitePay oferece Pix grátis para CNPJ, MEI e CPF, com isenção total de taxas de transação e sem limite de operações mensais.

Com a eliminação de taxas de transação e a disponibilidade de recursos como links de pagamento e QR Codes personalizados, a InfinitePay proporciona praticidade e flexibilidade para receber pagamentos instantâneos eficientemente. 

Além disso, ao proporcionar uma solução acessível e livre de taxas, o Pix da InfinitePay permite que os empreendedores direcionem seus recursos para o crescimento de seus negócios, potencializando o alcance de suas metas financeiras e impulsionando seu sucesso empresarial.

Você também pode gostar de:

Pagamentos

No Brasil, duas formas de pagamento têm se destacado pela sua praticidade e adaptação dos consumidores: o Pix e o parcelamento no cartão de crédito.

O Pix, introduzido pelo Banco Central, rapidamente se tornou popular devido à sua capacidade de realizar transferências instantâneas, a qualquer hora e dia. Qualquer pessoa com uma conta bancária ativa consegue criar uma chave Pix e começar a usar.

Por outro lado, o parcelamento no cartão de crédito continua a ser uma opção atraente, especialmente para aqueles que precisam distribuir o custo de compras maiores ao longo do tempo, facilitando o gerenciamento de seu orçamento mensal.

Recentemente, a integração do Pix com cartões de crédito começou a ganhar atenção, oferecendo uma nova camada de conveniência para os usuários. Essa nova funcionalidade permite que as pessoas utilizem o limite de seus cartões para fazer pagamentos via Pix.

Neste artigo, exploraremos como funciona o Pix com cartão de crédito, avaliando suas taxas, vantagens e desvantagens, além de discutir em que situações pode ser mais vantajoso optar por essa modalidade de pagamento.

Leia também: O Pix vai ser cobrado? Entenda

O que é Pix com cartão de crédito?

Pix com cartão de crédito é uma funcionalidade que permite realizar transações instantâneas utilizando o limite de crédito disponível em seu cartão, em vez de debitar diretamente de suas contas bancárias.

Essa opção combina a agilidade e praticidade do Pix, que permite transferências e pagamentos em tempo real, com a conveniência do crédito, oferecendo mais flexibilidade financeira, especialmente em situações em que o saldo em conta pode não ser suficiente.

A modalidade é relativamente nova e está sendo gradualmente adotada por bancos e instituições financeiras que oferecem serviços de pagamento digital.

Ao optar pelo Pix com cartão de crédito, a pessoa pode pagar contas, fazer compras e enviar dinheiro usando o crédito disponível, o que pode ser particularmente útil em emergências ou para aproveitar oportunidades sem necessidade de ter dinheiro na conta corrente.

As taxas do Pix com cartão de crédito

Ao utilizar o Pix com cartão de crédito, é importante estar ciente das taxas que podem ser aplicadas. Diferente do Pix realizado diretamente de uma conta bancária, que geralmente não possui custos para pessoas físicas, o Pix via cartão de crédito pode envolver taxas adicionais impostas pela instituição financeira emissora do cartão – a taxa média cobrada pelo mercado é de 3,99% sobre o valor total da compra.

Essas taxas variam de banco para banco e podem incluir custos de processamento ou tarifas específicas por transação, refletindo o uso do crédito em vez de débito direto.

Além disso, os valores transferidos via Pix com cartão de crédito podem estar sujeitos a incidência de juros, caso o saldo devedor do cartão não seja quitado integralmente no vencimento da fatura.

Portanto, é essencial consultar sua instituição financeira para entender as taxas aplicáveis e os possíveis juros envolvidos antes de optar por essa modalidade de pagamento, garantindo uma escolha consciente e sem sustos.

Leia também: Qual é o valor da taxa Pix?

Vantagens e desvantagens do Pix com cartão de crédito

Vantagens do Pix com cartão de crédito

Uma das principais vantagens do Pix com cartão de crédito é a imediata disponibilidade de fundos, permitindo transações urgentes mesmo quando não há saldo suficiente na conta bancária.

Esta modalidade também oferece a flexibilidade de gerenciar fluxos de caixa mais eficientemente, pois o pagamento só será efetivamente cobrado na próxima fatura do cartão. 

Além disso, em situações de emergência ou quando surgem oportunidades de compra, o Pix com cartão de crédito pode ser uma solução rápida para aproveitar e não haver atrasos.

Desvantagens do Pix com cartão de crédito

No entanto, o uso do Pix com cartão de crédito também apresenta desvantagens significativas. As taxas e os juros associados ao uso do crédito podem acumular custos adicionais, tornando esta opção mais cara comparada ao Pix realizado diretamente de uma conta bancária. É preciso levar isso em conta, inclusive, se o uso for para pagar uma conta em atraso.

Além disso, há o risco de endividamento, uma vez que é fácil perder o controle dos gastos quando se está usando o crédito disponível no cartão.

Quando vale a pena dividir a compra no Pix com cartão de crédito?

Dividir uma compra no Pix com cartão de crédito é útil em situações em que você precisa manter o fluxo de caixa ou aproveitar uma oferta imediata. Se você tem despesas urgentes e não quer comprometer seu saldo, usar o crédito do cartão permite que você realize a compra sem afetar seu saldo disponível em conta.

No entanto, é importante considerar as taxas e juros do cartão antes de optar por essa forma de pagamento. Use o Pix com cartão de crédito com cautela, avaliando o custo-benefício para evitar dívidas desnecessárias.

Pix com cartão de crédito é seguro?

O Pix com cartão de crédito é tão seguro quanto qualquer outra transação feita com seu cartão. As instituições financeiras implementam várias camadas de segurança, como criptografia de dados, autenticação de dois fatores e monitoramento contínuo de transações suspeitas para proteger contra fraudes e roubos de identidade.

Além disso, todas as operações via Pix são reguladas e monitoradas pelo Banco Central, proporcionando uma camada adicional de segurança.

Diferença entre Pix com cartão de crédito e Pix parcelado

O Pix com cartão de crédito e o Pix parcelado são duas modalidades de pagamento que permitem aos usuários aproveitar a praticidade do Pix juntamente com as vantagens do crédito, mas possuem algumas diferenças fundamentais.

O Pix com cartão de crédito utiliza o limite de crédito disponível em seu cartão para realizar pagamentos instantâneos. Essa transação é concluída em uma única vez, e o valor total é deduzido do seu limite de crédito, sendo posteriormente cobrado na fatura do cartão.

Por outro lado, o Pix parcelado, uma funcionalidade mais recente, permite que as pessoas dividam o valor da transação em parcelas. Essa opção gera várias prestações que serão cobradas ou diretamente em sua conta corrente, no caso do banco realizar o parcelamento, ou nas faturas subsequentes do cartão de crédito. O Pix parcelado possibilita um maior controle financeiro e ajuda na gestão de gastos maiores. 

Ambas as modalidades oferecem conveniência, mas o Pix parcelado pode ser mais vantajoso para quem precisa diluir o impacto financeiro de compras mais significativas ao longo do tempo.

App com conta para fazer Pix

No Brasil, a InfinitePay se destaca como uma opção gratuita para fazer Pix tanto para vender quanto para transferir. Qualquer pessoa consegue abrir uma conta grátis na InfinitePay em menos de 5 minutos: basta fazer o cadastro pelo site, baixar o App e validar seus dados.

Além de fazer e receber transferências ilimitadas e gratuitas via Pix, os clientes da conta digital da InfinitePay também conseguem gerar cobranças gratuitas. Abra sua conta agora!

Pagamentos

A forma como as pessoas pagam por produtos e serviços está mudando rapidamente. Com o uso do escaneie e pague crescendo, o dinheiro em espécie e cartões de crédito estão cada vez menos sendo usados, dando lugar a métodos de pagamento mais convenientes e inovadores, como pagamentos por QR Code Pix e QR Code para pagamento com cartão.

Se você é um empreendedor que está buscando formas de simplificar as transações no seu negócio, o "escaneie e pague" pode ser a solução. 

O que é “escaneie e pague”?

O "escaneie e pague" é uma solução de pagamento que funciona através da leitura de códigos QR, ou QR Code. Seu cliente simplesmente aponta a câmera do celular para o código e realiza o pagamento. Este pode ser feito por Pix,  diretamente no aplicativo do banco, ou  o código  pode direcionar para a finalização de compra de um produto, com a possibilidade de escolher a forma de pagamento que desejar, como funciona num link de pagamento. É uma forma simples, muito rápida e segura de receber suas vendas.

Os pagamentos através do "escaneie e pague" podem ser aplicados em diversos contextos, trazendo agilidade e praticidade para diferentes tipos de negócio. Aqui estão algumas aplicações comuns:

  • Varejo físico: 

Em lojas e quiosques, os clientes podem pagar pelos produtos simplesmente escaneando o QR Code no caixa ou diretamente nos produtos.

  • Delivery e takeaway: 

Oferece uma forma simples de pagar por encomendas feitas para entrega ou retirada, tornando o processo mais rápido.

  • Feiras e eventos: 

Em feiras, exposições e eventos, onde várias pequenas compras são feitas, o "escaneie e pague" agiliza o atendimento e elimina a necessidade de troco.

  • Estacionamentos: 

Pagamento rápido e sem a necessidade de contato em estacionamentos, permitindo que os motoristas saiam rapidamente e agilizem o fluxo de carros local.

  • Transporte público: 

Alguns sistemas de transporte público já utilizam essa tecnologia para pagamentos, tornando as viagens mais convenientes. O MetrôRio e MetroSP, por exemplo, implementaram o uso de QR Codes para a compra de passagens, facilitando o acesso ao transporte sem a necessidade de cartões físicos ou dinheiro em espécie.

  • Doações e caridade: 

Instituições de caridade e organizações sem fins lucrativos podem disponibilizar QR Code para doações instantâneas.

  • Pagamento de serviços: 

Serviços autônomos, como consultorias, passeios ou aulas, podem aceitar pagamentos mais rapidamente através de códigos QR.

  • Self-Checkout: 

Em supermercados ou lojas, permite que os clientes finalizem suas compras de forma autônoma, sem a necessidade de passar por um caixa, podendo finalizar o pagamento via QR Code Pix na maquininha.

  • E-commerce: 

No e-commerce, pode facilitar pagamentos para aqueles que preferem fazer compras no desktop, fornecendo um código QR que pode ser escaneado pelo celular.

Estas são apenas algumas das muitas possibilidades. O escaneie e pague é versátil e pode ser adaptado para atender às necessidades de diferentes setores, simplificando a experiência do cliente e tornando os pagamentos mais rápidos e seguros.

Conheça as vantagens de receber pagamentos via QR Code

Como receber pagamentos por escaneie e pague?

O pagamento pelo sistema "escaneie e pague" é um processo simples e rápido. Ele envolve o uso de QR Code e o uso de celulares, permitindo que as transações sejam concluídas de forma digital. Aqui está um passo a passo de como receber pagamentos via escaneie e pague:

1. Geração do QR Code

  • O comerciante gera um código QR único que está vinculado a uma conta específica ou a um produto/serviço.
  • Esse código pode ser fixo, como o que fica exposto no caixa ou na mesa de um restaurante, ou dinâmico, como os gerados automaticamente em maquininhas ou sistemas de e-commerce para cada compra. Veja abaixo a diferença entre os dois tipos. 
  • No app da InfinitePay, você acessa sua área pix no menu principal e já aparece o QR Code do seu Pix na tela. Também tem a opção de Ler Qr Code, para realizar pagamentos de forma prática e instantânea.

2. Escaneamento do código pelo cliente

  • O cliente utiliza a câmera do celular ou um aplicativo de pagamentos para escanear o QR Code.
  • O código QR direciona o cliente para uma página de pagamento ou aplicativo que já contém as informações da conta ou do produto/serviço.

3. Confirmação do valor e método de pagamento

O cliente confirma o valor e escolhe o método de pagamento, que pode ser cartão de crédito, débito, saldo em conta, ou outras opções oferecidas pelo aplicativo como via Pix.

3. Autorização da transação

Dependendo do método de pagamento escolhido, o cliente pode precisar inserir uma senha ou autenticar a transação por reconhecimento facial, digital, ou outro método seguro.

4. Recebimento da confirmação

O pagamento é processado quase que instantaneamente, e tanto o cliente quanto o comerciante recebem a confirmação da transação.

5. Entrega ou acesso ao produto/serviço:

Após a confirmação do pagamento, o comerciante pode entregar o produto ou conceder acesso ao serviço, dependendo do contexto.

Esse processo proporciona uma experiência rápida, reduzindo filas e tornando os pagamentos mais eficientes para ambos os lados. Além disso, minimiza a necessidade de contato físico, o que pode ser uma vantagem para a saúde e segurança.

Quais são os tipos de pagamentos por escaneie e pague? 

O QR Code pode ser usado de várias maneiras, como facilitar na transferência por Pix, e também funcionar como um checkout para uma compra. Por exemplo, em lojas físicas ou online, um QR Code pode ser gerado para que você escaneie com seu smartphone e seja direcionado para uma página de pagamento, onde você pode finalizar a compra utilizando diversas formas de pagamento, incluindo cartões de crédito, débito, ou mesmo Pix.

Para te ajudar a navegar nesse universo de soluções, vamos detalhar os principais tipos de pagamentos por escaneie e pague disponíveis no mercado:

Pagamento por QR Code estático

Ideal para: Vendas com valor fixo, como produtos em balcões, food trucks ou deliveries.

  • Como funciona:

Um QR Code único é gerado com o valor da venda pré-definido.

O cliente escaneia o código e o valor é automaticamente direcionado para o pagamento, sem necessidade de digitação manual.

  • Exemplo de uso:

Venda de salgadinhos em um food truck: Cada QR Code exibe o valor de um salgadinho (R$5,00, por exemplo). O cliente escolhe quantos deseja, escaneia o código correspondente e paga o valor total da compra.

Pagamento por QR Code dinâmico

Ideal para: Vendas com valor variável, como serviços, produtos personalizados ou lojas físicas com checkout.

  • Como funciona:

Um QR Code único é gerado para cada venda, com o valor definido na hora pelo cliente ou por você.

O cliente escaneia o código, insere o valor da compra e escolhe a forma de pagamento.

  • Exemplo de uso:

Loja de roupas: Na hora de pagar, o cliente escaneia o QR Code gerado pela maquininha na mesa do caixa e paga a conta digitalmente.

Pagamentos por Link de Pagamento:

Ideal para: Cobranças à distância, vendas online ou envio de solicitações de pagamento.

  • Como funciona:

Um link único é gerado para cada venda ou cobrança, contendo as informações da transação.

O cliente recebe o link por SMS, e-mail, WhatsApp ou qualquer outro canal de comunicação e pode acessá-lo para realizar o pagamento através de seu navegador ou aplicativo de banco.

  • Exemplos de uso:

Venda de produtos online: Na finalização da compra, o cliente recebe um link de pagamento para concluir a transação.

Leia mais: 

Pagamentos por QR Code com Pix

Ideal para: Transações instantâneas e seguras, utilizando a plataforma Pix do Banco Central.

  • Como funciona:

Um QR Code único é gerado com as informações da chave Pix do seu negócio.

O cliente escaneia o código e o aplicativo de pagamento automaticamente direciona para a transação via Pix.

  • Exemplos de uso:

Lojas físicas: QR Codes no caixa facilitam pagamentos rápidos para os clientes, utilizando o saldo da conta bancária ou carteira digital.

Você também pode se interessar por: 

Pagamento por escaneie e pague é seguro? 

Os pagamentos e recebimentos via "escaneie e pague" oferecem praticidade e segurança, mas como com qualquer método de pagamento, é importante adotar certas precauções para proteger os negócios e os clientes. Aqui estão alguns cuidados essenciais:

  • Escolha de plataforma confiável:

Utilize apenas plataformas de pagamento conhecidas e confiáveis, que sigam padrões de segurança e privacidade.

Verifique se a plataforma é certificada e regulamentada.

  • Verificação de QR Code:

Confirme que os códigos QR apresentados aos clientes sejam legítimos e correspondam ao seu negócio ou serviço. QR Codes falsificados podem redirecionar os pagamentos para contas fraudulentas.

  • Autenticação Forte:

Garanta que a plataforma de pagamento exija autenticação forte para confirmar transações, como senhas, biometria ou reconhecimento facial. Oriente os clientes a utilizarem autenticação multifatorial quando disponível.

  • Controle de Acesso:

Limite o acesso ao sistema de geração de QR Code para evitar a criação de códigos não autorizados. Atribua níveis de permissão adequados aos funcionários.

  • Monitoramento de Atividade:

Monitore todas as transações para identificar padrões incomuns ou tentativas de fraude.

Notifique imediatamente os clientes e autoridades em caso de suspeita de atividades mal-intencionadas.

  • Educação do Cliente:

Informe os clientes sobre a importância de verificar o valor antes de confirmar o pagamento.

Oriente-os a usar apenas aplicativos oficiais para escanear oQR Code.

  • Atualizações e Manutenção:

Mantenha o software e os sistemas de segurança atualizados para se proteger contra novas ameaças. Faça auditorias regulares no sistema de pagamento para identificar vulnerabilidades.

  • Políticas de Reembolso:

Tenha políticas claras de reembolso em caso de pagamentos incorretos ou não autorizados.

Forneça instruções claras aos clientes para solicitar reembolsos, se necessário.

  • Ambiente Seguro:

Para receber pagamentos em estabelecimentos físicos, mantenha o QR Code em local seguro e protegido contra adulterações. Evite fornecer detalhes sensíveis ou permissões de acesso a terceiros.

Tomando esses cuidados, tanto o comerciante quanto o cliente podem desfrutar dos benefícios dos pagamentos via "escaneie e pague" com mais segurança e confiança.

Como gerar um código escaneie e pague para receber pagamentos via Pix pela InfinitePay

Para simplificar os pagamentos via Pix, você pode imprimir o QR Code da sua conta PJ InfinitePay e colocá-lo na sua loja. Siga estes passos diretamente da sua conta:

  1. Acesse sua conta pela versão web.
  2. Vá para as configurações e seção Pix.
  3. Clique em "Imprimir QR Code".
  4. Escolha o modo de impressão do seu computador e, em poucos passos, você terá o QR Code impresso.
  5. DICA: Distribua pela loja, no caminho do caixa, os QR Codes impressos para agilizar o processo do cliente em realizar o pagamento. 

Com a conta PJ da InfinitePay, você pode receber pagamentos de forma rápida e eficiente, com taxas competitivas e ter uma gestão de cobranças gratuita. Além disso, a conta oferece integração simplificada com diferentes métodos de pagamento, como Pix,cartões, boletos, link de pagamento e soluções para simplificar o gerenciamento do seu negócio, ajudando você a focar no que realmente importa: o crescimento da sua empresa. Baixe o app e crie sua conta em minutos!

Veja como a InfinitePay pode agilizar o seu negócio: 

Pagamentos

Lançado pelo Banco Central em 2020, o Pix transformou a maneira como os brasileiros transferem dinheiro, pagam contas e realizam compras. Com a promessa de rapidez, segurança e disponibilidade 24 horas por dia, todos os dias da semana, ele rapidamente se tornou uma ferramenta essencial no dia a dia financeiro do país. No final de março de 2024, já existiam mais de 730 milhões de chaves pix no país. Isso dá uma média de 3,4 chaves por pessoa!

O sucesso rapidamente tornou o Pix um dos principais meios de cobrança para empresas - como você mesmo deve fazer na sua! Mas qual é o melhor Pix para empreendedores? Sabia que, diferentemente do Pix para pessoas físicas, algumas empresas cobram por ele?

Por que o Pix é um game-changer para pessoa jurídica?

O Pix, revolucionou o modo como as pequenas e médias empresas gerenciam suas transações financeiras. Esta inovação permite transferências instantâneas de dinheiro, incluindo feriados, sem os custos associados a métodos tradicionais como TEDs e DOCs. 

Para as empresas, isso significa fluxo de caixa acelerado e melhor controle financeiro, pois os pagamentos são recebidos em tempo real, facilitando o planejamento e a alocação de recursos de maneira mais eficaz. Dados do Banco Central revelam que, em 2023, os brasileiros realizaram quase 42 bilhões de transações por Pix, destacando sua aceitação e integração profundas nos negócios brasileiros de todos os tamanhos.

Além disso, o Pix nivelou o campo de atuação para muitas pequenas e médias empresas que competem com grandes empresas que possuem mais recursos para gerenciar operações de cobrança e pagamento. Com a implementação do Pix, as pequenas podem oferecer a mesma conveniência de pagamentos rápidos e seguros que grandes corporações, sem a necessidade de investimentos significativos em infraestrutura ou tecnologia. A versatilidade do Pix, que inclui a funcionalidade de QR Code Pix, facilita ainda mais as transações sem contato e instantâneas.

Comparativo de taxas de Pix para pessoa jurídica

Pix na InfinitePay

Receber por Pix no app Grátis
Gerar e receber por QR Code Pix Grátis
Receber por Pix na maquininha Grátis
A taxa do Pix depende do faturamento? Não há taxa
Tem limite de valor ou nº de transações/dia Ilimitado

Maquininhas com conta digital

Receber por Pix no app Depende do plano
Gerar e receber por QR Code Pix Depende do plano
Receber por Pix na maquininha Depende do plano - até 1,89%
A taxa do Pix depende do faturamento? Sim
Tem limite de valor ou nº de transações/dia Sim

Bancos tradicionais

Receber por Pix no app Depende do plano - até 1,4%
Gerar e receber por QR Code Pix Depende do plano - até 1,4%
Receber por Pix na maquininha Até 1,40%
A taxa do Pix depende do faturamento? Sim
Tem limite de valor ou nº de transações/dia Sim

Pix na InfinitePay: sempre grátis

A InfinitePay é a única que oferece Pix 100% gratuito e ilimitado em todas as suas modalidades: na maquininha, no app, QR Code Pix, por link, para receber ou para transferir, sem estar associado a nenhum regra, como mensalidade, saldo mínimo ou adesão a algum serviço

Perguntas  sobre o Pix para pessoa jurídica

O Pix para empresas é realmente grátis?

Só na InfinitePay qualquer Pix é totalmente grátis, para transferir ou para receber, na maquininha, no app ou QR Code, 24h por dia. Há muita dúvida sobre se o pix vai ser cobrado para pessoa física. Mas, para pessoa jurídica, só na InfinitePay ele é 100% gratuito e ilimitado.

Todos os bancos oferecem o mesmo tipo de serviço de Pix para pessoa jurídica?

Infelizmente não. Os bancos tradicionais cobram uma taxa das empresas por Pix recebido ou enviado. Os bancos digitais ou aqueles atrelados a maquininhas cobram depois de um limite, ou um prazo, ou até mesmo se a empresa se enquadra em um plano ou não. Apenas a InfinitePay oferece esse serviço totalmente grátis. 

Leia mais: Pix pela maquininha tem taxa?

Posso confiar no Pix para transações empresariais?

Sim, deve! O Pix é super seguro para fazer transações empresariais e você pode usar seu CNPJ como chave pix para manter tudo mais confiável para você e para seu cliente. Além disso, você recebe instantaneamente.

E se eu escolher o serviço de Pix errado para minha empresa?

Há sempre tempo de voltar atrás! Baixe o app e abra sua conta na InfinitePay agora, sem burocracia e em poucos minutos você já poderá fazer sua primeira venda por Pix.

Pagamentos

Desde o lançamento do Pix pelo Banco Central do Brasil (Bacen), a sua adoção pelos brasileiros foi massiva e transformadora. Junto dele, a implementação da chave Pix veio como resposta às necessidades de modernização do sistema financeiro brasileiro, proporcionando uma alternativa segura, rápida e eficiente às transferências bancárias tradicionais, que chegavam a levar dias para serem efetuadas. 

Desde então surgem discussões sobre seu uso (sendo a mais comum a dúvida se o Pix será cobrado em algum momento de forma padronizada) e novas regras foram sendo implementadas, mantendo o Pix no centro de discussões financeiras relevantes dos últimos anos.

A agilidade e praticidade do Pix facilitou a vida de empreendedores pelo Brasil inteiro, que agora podem contar com transações realizadas em segundos, todos os dias do ano, facilitando desde o controle de fluxo de caixa até o aprimoramento da experiência do cliente. 

Em 2023, o Pix se consolidou como líder em transações financeiras no país, sendo o meio de pagamento mais utilizado do ano, segundo estudo divulgado pela Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) baseado em dados do Bacen, com volumes transacionados que refletem sua robustez e aceitação generalizada.

O que é uma chave Pix e por que usá-la

Uma chave Pix é um identificador que permite a realização de pagamentos e recebimentos instantâneos através do Pix. Este sistema foi desenvolvido para simplificar transações eliminando a necessidade de informar dados bancários completos, como número de agência e conta, a cada operação. Isso representou um aumento significativo de segurança, tanto para lojistas quanto para clientes.

Essa chave pode ser um dado do próprio cliente, como CPF, CNPJ, e-mail, número de telefone, ou pode conter apenas caracteres aleatórios (uma junção de números e letras), proporcionando flexibilidade conforme a necessidade de privacidade e praticidade do usuário. 

Para empreendedores, usar uma chave Pix significa integrar operações financeiras ao dia a dia do negócio com eficiência incomparável, reduzindo custos operacionais e melhorando o gerenciamento financeiro.

Lembrando que é possível gerar QR Code de Pix a serem disponibilizados para facilitar o pagamento através de sua leitura. Atualmente, há maquininhas de cartão com a funcionalidade do Pix também, ofertando o QR Code em suas telas.

Como cadastrar uma chave Pix

O processo de cadastro de uma chave Pix é simples e acessível, desenhado para que qualquer usuário possa executar rapidamente:

  • Entre no aplicativo da sua instituição financeira.
  • Vá até a seção Pix e escolha a opção para gerenciar chaves.
  • Selecione ‘Adicionar chave’ e decida qual tipo de chave você deseja cadastrar, baseado nas opções disponíveis.
  • Confirme os dados necessários e complete o registro.

Essa simplicidade é parte do apelo do Pix, especialmente útil para empreendedores que precisam de soluções rápidas e seguras para o fluxo de caixa.

Confira informações sobre taxa Pix, quais instituições efetuam essa cobrança e como conseguir Pix gratuito.

Quais tipos de chave Pix é possível usar?

A escolha do tipo de chave Pix a ser utilizada depende da necessidade de segurança e praticidade do usuário. Isso porque chaves Pix feitas a partir de dados (como CPF/CNPJ, e-mail ou telefone) são mais fáceis de decorar, mas menos seguras que os caracteres aleatórios.

CPF/CNPJ

Ideal para negócios que desejam simplificar transações com clientes frequentes.

E-mail 

Uma ótima opção para quem busca uma alternativa segura sem expor números de documentos.

Celular 

Perfeito para transações rápidas e diárias, fácil de memorizar.

Chave Aleatória (caracteres)

Oferece o mais alto nível de privacidade e segurança, criando um identificador único que não está ligado diretamente a dados pessoais ou empresariais.

Qual é a chave Pix mais segura?

A segurança das chaves Pix é uma prioridade para o Banco Central. A chave aleatória é considerada a mais segura do ponto de vista de proteção de dados, pois não revela informações identificáveis. No entanto, cada tipo de chave tem mecanismos de segurança robustos destinados a proteger os usuários de fraudes e abusos.

Qual é a chave Pix mais segura para o empreendedor?

Empreendedores frequentemente optam pelo CNPJ como chave Pix. Esta escolha não só reforça a identidade corporativa nas transações, mas também facilita a integração das operações financeiras com sistemas de contabilidade e gestão fiscal, essencial para empresas que precisam manter registros financeiros detalhados e precisos.

Como descobrir todas as chaves Pix com meus dados

Para monitorar e gerenciar as chaves Pix registradas com seus dados, o Banco Central proporciona uma ferramenta online onde qualquer pessoa pode consultar e gerir suas chaves de forma centralizada. Acessando a página do governo, os usuários podem verificar todas as chaves associadas aos seus dados, garantindo controle e segurança.

Alguém está usando uma chave Pix com meu dado pessoal. O que devo fazer?

Neste caso, é essencial agir rapidamente para minimizar riscos. O usuário deve contatar a instituição financeira para bloquear a chave imediatamente e, se necessário, abrir uma investigação junto ao seu banco para apurar o uso indevido.

Posso ter uma chave Pix em cada banco?

Sim, é possível registrar diferentes chaves Pix em diferentes bancos. Esta flexibilidade é benéfica para empreendedores que desejam diversificar suas opções de recebimento e manter contas separadas para diferentes aspectos de seus negócios.

Um único ponto a se atentar é que não é possível usar o mesmo dado para criar chaves Pix em diferentes bancos (por exemplo, usar seu CPF como chave em mais de uma conta). 

Ao ter conta num banco, eu já tenho uma chave Pix ou preciso criá-la?

A criação de uma chave Pix é um processo ativo; não é automática ao abrir uma conta bancária. O usuário precisa escolher e registrar uma chave Pix para começar a usar o serviço.

Pix de graça na InfinitePay

A InfinitePay oferece a possibilidade de criar Chaves Pix totalmente sem custo, sendo ideal para empreendedores que buscam maximizar a eficiência de suas transações financeiras. Com a InfinitePay, você consegue receber pagamentos via Pix tanto no próprio app quanto na maquininha, que oferece a opção de leitura de QR Code.

Como receber por Pix no app da InfinitePay

Para receber pagamentos por Pix na InfinitePay, há 5 passos que devem ser executados no app:

  1. Acesse o App InfinitePay
  2. Clique no seu saldo
  3. Selecione a opção Receber
  4. Escolha o valor de cobrança
  5. Clique em Continuar

Na sequência, basta mostrar o QR Code para o cliente escanear, ou compartilhar o código Pix copia e cola. O recebimento é instantâneo.

Como gerenciar suas chaves Pix na InfinitePay

Gerenciar suas chaves Pix no aplicativo da InfinitePay é muito simples e pode ser feito em segundos:

  1. Acesse o App InfinitePay
  2. No menu Seu banco, clique em Chaves Pix
  3. Clique em Cadastrar chave
  4. Selecione o tipo de chave que você quer cadastrar: CPF, CNPJ, Chave Aleatória, Celular ou E-mail
  5. Clique em Continuar
  6. Finalize o cadastro

É importante ter em mente que para criar chaves de e-mail ou telefone é imprescindível validar o código de segurança no aplicativo.

A chave Pix, como parte do sistema Pix, é uma ferramenta transformadora para o cenário de pagamentos no Brasil. Para empreendedores, entender e utilizar eficazmente a chave Pix mais adequada ao seu negócio é fundamental para aproveitar ao máximo os benefícios dessa tecnologia. A escolha correta e a gestão eficiente das chaves Pix podem significar a diferença entre um fluxo de caixa saudável e desafios financeiros. 

A integração de soluções como a InfinitePay pode ainda mais potencializar os resultados, oferecendo não só segurança e conveniência, mas também vantagens competitivas no mercado.

Pagamentos

O Pix se consolidou como uma revolução nos pagamentos digitais, promovido pelo Banco Central do Brasil (Bacen), com adesão expressiva de consumidores e empreendimentos de todos os portes.  

Esse sistema de pagamento instantâneo facilitou transações comerciais, promoveu inclusão financeira e otimizou o fluxo de caixa de muitos negócios. Para pequenos e médios empreendedores, o Pix tornou-se um vetor de agilidade e eficiência, contribuindo para a expansão dos negócios e melhor experiência do cliente. Em boa parte das instituições financeiras atualmente, o Pix não tem taxa (embora às vezes surjam notícias sobre cobranças de tarifas de Pix), o que também representa uma vantagem para o fluxo de caixa da empresa.

Sabe-se que o Pix tem demonstrado crescimento notável em volume e valor das transações desde sua implantação. Este sistema não apenas simplificou a maneira como pagamentos são realizados, mas também incentivou uma maior digitalização do comércio no Brasil, destacando-se como uma ferramenta essencial para a modernização dos negócios.

Confira como receber por Pix.

Qual a diferença entre cancelamento e estorno de Pix?

Algumas pessoas confundem o cancelamento e o estorno de um Pix, acreditando que são a mesma coisa.

Enquanto o cancelamento ocorre antes da transação ser efetivamente concluída, o estorno refere-se à devolução de um valor já creditado na conta do destinatário. Essa distinção é importante para o gerenciamento eficaz das finanças do negócio, e para tomar a decisão certa de acordo com cada um desses cenários. 

Como funciona o estorno de Pix para lojistas

Eventualmente, pode ser necessário o estorno do Pix. Para o empreendedor, este estorno não é apenas uma questão técnica, mas um aspecto importante do atendimento ao cliente e da gestão financeira. Uma abordagem transparente e eficiente ao estorno pode significar a diferença entre manter um cliente satisfeito ou perder sua confiança. 

Por isso, é crucial ter procedimentos claros e rápidos para lidar com estornos, seja por erro na transação, pagamento duplicado ou qualquer outro motivo. Além disso, oferecer treinamento adequado para a equipe sobre como lidar com tais situações ajuda a assegurar que o processo seja gerenciado de forma profissional, mantendo a confiança e a fidelidade do cliente.

O que diz a Lei sobre estorno de Pix

O principal regulador no que diz respeito a pagamentos como o Pix é o Banco Central (Bacen). Embora ele não possua um decreto exclusivo para estorno, é possível conferir na página de Perguntas e Respostas referentes ao Pix informações sobre o Decreto-Lei 2848 o seu posicionamento quanto a pagamentos desse tipo. Resumidamente, caso seja comprovada a necessidade da devolução do valor sem que ela seja efetuada, é possível abrir uma reclamação.

Como identificar se a situação cabe estorno do Pix

É importante lembrar que situações em que ocorre erro de execução (por exemplo, erro da leitura do QR Code do Pix) não configuram casos de estorno, especialmente porque o valor não chega a sair da conta do pagador.

Já para ocasiões em que a transferência foi efetuada, é essencial que o empreendedor esteja familiarizado com os procedimentos de estorno específicos do seu banco ou instituição financeira e mantenha uma comunicação clara e eficiente com os clientes envolvidos. Ter uma política clara de estornos, bem divulgada entre seus clientes, pode ajudar a gerenciar expectativas e facilitar o processo quando necessário.

Recebi um Pix errado, preciso estornar?

Sim, se você recebeu um pagamento via Pix que não lhe era destinado, a prática recomendada é proceder com o estorno. Esta ação não somente é ética como também fortalece a confiança na sua marca. 

Em alguns apps de banco é possível solicitar o estorno de forma prática e imediata. Para isso, navegue até o extrato de sua conta, selecione a transação em questão e opte pela funcionalidade de devolução ou estorno do Pix, confirmando sua escolha. Caso não seja possível, deve-se entrar em contato direto e solicitar assistência no processo de estorno caso essa primeira medida não seja efetiva. 

Paguei um Pix errado, como peço o estorno?

Neste caso, a comunicação imediata com o destinatário é fundamental. Explique o erro e solicite o estorno. Caso o destinatário se recuse a devolver o valor, é possível recorrer a medidas legais, pois o Código de Defesa do Consumidor e outras regulamentações oferecem proteção em tais situações.

Não caia em golpes do Pix

Com a popularização do Pix, aumentou também o número de tentativas de golpes explorando essa modalidade de pagamento. Empreendedores devem estar atentos e promover a conscientização entre suas equipes e clientes sobre como identificar e prevenir fraudes. 

Empreendedores podem se deparar com diversos tipos de golpes relacionados ao Pix, como:

  • Phishing 
    Tentativas de obter informações sensíveis, como senhas e dados bancários, por meio de mensagens falsas que parecem ser de bancos ou serviços financeiros.
  • Golpes de Dupla Verificação
    Nesse caso golpistas, fingindo ser do suporte técnico de um banco, solicitam a confirmação de transações Pix fraudulentas.
  • Falsos Pagamentos 
    Emissão de comprovantes de Pix falsos para simular um pagamento que nunca foi realizado.

Utilizar canais oficiais de comunicação e verificar sempre a identidade dos remetentes e destinatários são práticas recomendadas para evitar cair em golpes.

Pix 100% gratuito e Ilimitado é só na InfinitePay

A InfinitePay oferece Pix grátis para você receber pelo meio de pagamento instantâneo mais seguro do Brasil. Com a InfinitePay, é possível receber por Pix tanto na maquininha (onde é possível configurar o QR Code para leitura) quanto no próprio app da InfinitePay, e fazer quantas transferências precisar - com taxa 0%.

Como estornar um Pix pela InfinitePay

Tanto no caso de estorno, quanto de cancelamento de Pix pela InfinitePay, você só precisa transferir o valor diretamente para a conta do cliente. Lembrando que vendas por Pix não podem ser canceladas no app da InfinitePay. Confira informações completas sobre o Pix na InfinitePay na Central de Ajuda.

Contestação de Pix

É possível, em alguns casos, realizar a contestação de uma transação por Pix. 

Situações em que cabe uma contestação

  • Compra feita em sites ou anúncios enganosos.
  • Transferência Pix na sua conta que você não reconhece.
  • Pagamento feito sob ameaça (sequestro, golpe do WhatsApp, etc.).
  • Acesso indevido à sua conta por terceiros que realizaram transações sem sua autorização.

Como contestar uma transação Pix no aplicativo da InfinitePay

  • Na tela inicial do app, clique no seu saldo.
  • No extrato, localize a transação que você deseja contestar e clique nela.
  • Deslize o comprovante de pagamento para baixo para encontrar o botão "Reportar problema".
  • Selecione o motivo da contestação e forneça o máximo de informações e comprovantes possível.

Este artigo fornece orientações para casos de estorno, cancelamento e contestação de compras no Pix. Esperamos que ajude você a lidar com essas situações com clareza, caso se depare com elas.

fique ligado

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.

Ícones de moedas e símbolo do Pix sobre superfícies brancas, representando diferentes aspectos financeiros e de pagamento da InfinitePay