Quando estamos em período de crise, é difícil enxergar um final e criar forças para segurar as pontas! Precisamos lembrar que mudanças e imprevistos fazem parte da história de todo empreendedor! Essas mudanças podem ter diversas origens, como novas tecnologias, políticas que passam a ser adotadas, necessidades ambientais que precisam ser sanadas. Independente da causa, a mensagem para todos os negócios é clara: precisamos nos adaptar!

Hoje, a rápida disseminação do coronavírus somada à outras instabilidades financeiras está fazendo com todas as empresas tenham que adotar novas medidas), de forma imediata. Estamos passando por várias mudanças e a InfinitePay está aqui para te ajudar a navegar esses novos cenários!

É importante saber que é provável que muitos negócios suspendam suas atividades por não serem considerados essenciais nesse momento. Embora isso seja muito difícil, pode ser uma oportunidade de se atentar e observar questões que no dia a dia não temos tempo! Independente da decisão por pausar suas atividades ou não, separamos algumas dicas que podem contribuir em momentos de grandes transformações:

Reformule as prioridades

Estamos em um período de mudanças rápidas e constantes, por isso, é fundamental que você se informe. Reveja as operações diariamente e ajuste suas prioridades de acordo com o cenário atual. Se acostume a detectar problemas, descobrir soluções e responder de forma eficiente. Evite ficar preso em processos internos e burocracias!

Olhe para as oportunidades

Veja, se é viável para o seu negócio, a adaptação para uma nova onda de demandas! Como seu portfólio de produtos pode mudar, buscando atender novas necessidadesque surgem nesse período? Se você é um restaurante, poderia oferecer pratos semi prontos que os clientes podem finalizar em casa! Fique atento aos novos hábitos que surgem, por exemplo, pense em possibilidades de delivery ou drive-thru e em como realizar seu serviço de forma adequada, seguindo novas medidas de saúde e segurança! Aplicativos de entrega, por exemplo, já estão criaram procedimentos para realizar o delivery sem contato físico com o cliente.

Adapte sua cadeia de comando

Geralmente, as empresas seguem o comando de uma ou poucas pessoas, tente dar liberdade para que demais funcionários consigam se adaptar e sugerir mudanças! Estimule pensamentos inovadores que podem agilizar a solução de problemas. Trabalhar em grupo é essencial neste momento.

Flexibilize as funções de trabalho

Nas diferentes áreas de atuação das empresas, é provável que umas fiquem sobrecarregadas e outras fiquem ociosas. Demandas completamente diferentes de trabalho também podem surgir, em vez de sacrificar funcionários, eles podem ser realocados!Avalie todas as possibilidades.

Assegure seus funcionários

É difícil em momentos de crise ter alguma clareza quanto às operações e futuro dos nossos empreendimentos. As informações sendo divulgadas e melhores medidas a serem adotadas mudam constantemente. Os funcionários precisarão se adaptare trabalhar de novas maneiras, mas eles não conseguirão dar seu melhor sem que você, empreendedor, consiga transmitir segurança. Para ajudar nessa questão empregatícia, fique atento a medidas que o governo está tomando para combater a crise, como as cobranças de FGTS e de parte da União que serão adiadas!

Capacite seus funcionários

Esse período de ócio em algumas funções pode ser um bom momento para realizar treinamentose focar na capacitação dos seus funcionários! Especialmente considerando as mudanças e adaptações necessárias nesse período. Aulas à distância são uma boa opção custo-benefício e diversas instituições, como a PUC-RS e a FGV, estão oferecendo cursos gratuitos que podem ser realizados nesse período!

Se prepare para a recuperação

Uma vez que a situação de emergência passar, seu negócio vai entrar na fase de recuperação! Diferentes setores se recuperarão com menos ou mais velocidade, cada um irá precisar de uma abordagem específica, então tente visualizar com clareza onde seu negócio se encaixa! Quanto maior a empresa, mais lenta é a aplicação um novo plano de ação por toda sua cadeia, então é ideal que osplanos de reabilitação comecem a ser formulados já dentro dos cenários de instabilidade! Assim, a execução pode ser a mais rápida possível. As empresas menores conseguem disseminar e executar com mais agilidade novas estratégias, mas, sem dúvidas, se beneficiarão de uma visão clara para o período pós crise!

Estamos juntos nesse momento de crise, é hora de termos mente aberta e pensar fora da caixa! Esperamos que essas dicas ajudem a estimular novos pensamentos e formas de trabalhar. Afinal Crises existem para serem superadas e, com perseverança, vamos sair dessa!