Cupom fiscal e nota fiscal: qual a diferença?

Cupom fiscal e nota fiscal: qual a diferença?

Publicado em
21/11/2023
Tempo leitura

minutos

ionicons-v5-e
Copiar link
Copiado!ㅤ

Você já deve ter ouvido falar sobre cupom fiscal e nota fiscal, documentos essenciais para as transações comerciais no Brasil. Ambos desempenham papéis importantes no registro de vendas e na relação entre empresas e consumidores. 

Cupom fiscal e nota fiscal são dois documentos que comprovam uma compra ou venda. No entanto, eles possuem algumas diferenças importantes.

O que é cupom fiscal e nota fiscal

O que é cupom fiscal?

O cupom fiscal é um documento emitido por máquinas registradoras ou equipamentos semelhantes, como impressoras fiscais. Ele contém informações básicas sobre a compra, como a data, o valor, os produtos ou serviços adquiridos e a identificação do estabelecimento comercial.

Quem tem que emitir cupom fiscal?

Todas as empresas que realizam vendas diretas ao consumidor devem emitir cupom fiscal. Isso inclui empresas de pequeno, médio e grande porte, bem como empresas do comércio, indústria e serviços.

O que é nota fiscal?

A nota fiscal é um documento mais completo que o cupom fiscal. Ela contém todas as informações do cupom, além de dados como a identificação do comprador, a descrição detalhada dos produtos ou serviços adquiridos e os impostos incidentes na operação.

É obrigatório emitir nota fiscal?

Não, a emissão da nota fiscal é opcional para as empresas que vendem produtos sujeitos a tributação. No entanto, a emissão da nota fiscal é obrigatória para as empresas que vendem produtos não sujeitos a tributação, como produtos isentos de ICMS.

Leia mais: Nota fiscal MEI: Saiba como emitir no novo padrão nacional

Qual a diferença entre cupom fiscal e nota fiscal?

A principal diferença entre cupom fiscal e nota fiscal está na quantidade de informações registradas. O cupom fiscal é mais simplificado e contém apenas dados essenciais, enquanto a nota fiscal é mais completa e detalhada. Isso faz com que a nota fiscal seja preferida em transações comerciais que envolvem empresas, contratos, serviços mais complexos e operações interestaduais.

As principais diferenças entre cupom fiscal e nota fiscal são:

  • Informações contidas: o cupom fiscal contém apenas informações básicas sobre a compra, enquanto a nota fiscal contém informações mais detalhadas, incluindo a identificação do comprador.
  • Obrigatoriedade: o cupom fiscal é obrigatório para todas as empresas que realizam vendas diretas ao consumidor, enquanto a nota fiscal é obrigatória apenas para algumas empresas, como as que vendem produtos sujeitos a tributação.

Você também pode se interessar: 

Fatura e nota fiscal: quais as diferenças e quando emitir cada uma?

O fim da papelada: o lugar completo para empreender!

Finalidades do cupom fiscal e nota fiscal

Finalidade do cupom fiscal

O cupom fiscal tem como principal finalidade a comprovação da venda de produtos ou serviços ao consumidor final. Ele é utilizado principalmente em estabelecimentos de varejo, como supermercados, lojas de roupas e restaurantes, para registrar as vendas de forma rápida e prática.

Finalidade da nota fiscal

A nota fiscal, por sua vez, desempenha um papel fundamental na contabilidade e na relação entre empresas. Além de comprovar a venda, a nota fiscal serve para o recolhimento de impostos, controle de estoque, garantia de direitos do consumidor e também para a prestação de contas junto aos órgãos fiscais.

O que pode substituir a nota fiscal?

Além do cupom fiscal, existem outros documentos que podem substituir a nota fiscal, como:

  • Nota fiscal de serviço: emitida por empresas prestadoras de serviços.
  • Nota fiscal de entrada: emitida pelo comprador de mercadorias ou serviços.
  • Nota fiscal de remessa: emitida pelo vendedor de mercadorias ou serviços.

Quando o cupom fiscal substitui a nota fiscal?

O cupom fiscal pode substituir a nota fiscal em alguns casos, como:

  • Quando a venda é realizada para pessoa física e o valor da compra é inferior a R$ 200,00.
  • Quando a venda é realizada para pessoa jurídica e o valor da compra é inferior a R$ 1.000,00.

Onde fica a nota fiscal no cupom fiscal?

O cupom fiscal pode conter um código de barras ou um QR Code que permite ao consumidor acessar a nota fiscal eletrônica. A nota fiscal eletrônica é um documento emitido por meio eletrônico e que contém as mesmas informações do cupom fiscal.

Como tirar nota fiscal a partir do cupom fiscal?

Se o cupom fiscal não contém a nota fiscal eletrônica, o consumidor pode solicitar a emissão da nota fiscal ao estabelecimento comercial. Para isso, o consumidor deve apresentar o cupom fiscal e informar seus dados pessoais.

Leia mais: O Futuro dos meios de pagamento: A evolução da economia digital

Cupom fiscal e nota fiscal são documentos essenciais para a gestão e registro de transações comerciais no Brasil. A escolha entre eles depende da natureza da operação e das obrigações fiscais do estabelecimento. É importante entender suas diferenças e finalidades para garantir o cumprimento das normas fiscais e proporcionar transações comerciais transparentes e seguras.

MAQUININHA SMART

Máquina de cartão com as menores taxas

Receba suas vendas na hora ou 1 dia útil com taxas imbatíveis. O recebimento mais rápido do Brasil!

fique ligado

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo

infinitebank

Máquina de cartão com as menores taxas

Receba suas vendas na hora ou 1 dia útil com taxas imbatíveis. O recebimento mais rápido do Brasil!

coleção

Todos os posts