Guia Completo: Como Usar Apple Pay para realizar pagamentos
Imagem que ilustra o artigo Como usar ApplePay mostra um celular com o ícone da carteira digital (ApplePay) na tela. Ao fundo, é possível perceber estantes com objetos decorativos.

Guia Completo: Como Usar Apple Pay para realizar pagamentos

Descubra como usar o Apple Pay. Aprenda a configurá-lo, adicionar cartões e fazer pagamentos com rapidez e segurança em estabelecimentos e online.

17/10/2023

7

Copiar link

O avanço tecnológico e a demanda por soluções práticas e seguras deram origem a uma revolução no mundo dos pagamentos: as carteiras digitais. Também conhecidas como e-wallets, as carteiras digitais surgiram como uma solução moderna para facilitar pagamentos, conveniência e segurança ao consumidor.

Dentre as várias opções disponíveis no mercado, o Apple Pay, a carteira digital da Apple, se destaca como uma das mais populares e confiáveis. Se você já se perguntou “como usar Apple Pay?”, chegou ao lugar certo. Prepare-se para mergulhar no universo das carteiras digitais e descobrir como o Apple Pay pode transformar sua experiência de compra.

O que é Apple Pay?

Apple Pay é um serviço de pagamento móvel e carteira digital oferecido pela Apple. Ele permite que os usuários façam pagamentos usando dispositivos Apple de forma fácil e segura, tanto em lojas físicas quanto online.

Ao invés de usar cartões de crédito físicos ou dinheiro, o Apple Pay transforma o processo de pagamento em uma experiência mais moderna e conveniente. Todas as informações de pagamento são armazenadas de forma segura no dispositivo e podem ser acessadas rapidamente sempre que você precisar realizar uma compra.

Como o Apple Pay funciona em dispositivos Apple:

  • iPhone: No iPhone, o Apple Pay funciona através da integração com o aplicativo Carteira. Ao aproximar o celular de um terminal de pagamento que tenha NFC (Comunicação por Campo Próximo), a transação é iniciada. A venda só é realizada com Face ID, Touch ID ou, em celulares mais antigos, um código de acesso.
  • iPad: Para os iPads que possuem Touch ID ou Face ID, o Apple Pay pode ser usado para compras em aplicativos ou em sites quando navegados pelo Safari.
  • Apple Watch: Para usar o Apple Pay no Apple Watch, basta pressionar duas vezes o botão lateral e aproximar o relógio do terminal de pagamento. A autenticação é feita antecipadamente quando o relógio é colocado no pulso e permanece válido até ser removido.

Como configurar o Apple Pay?

Configurar o Apple Pay é um processo simples e intuitivo. Acompanhe os passos a seguir para começar a aproveitar os benefícios deste serviço:

  • Abra o aplicativo Wallet: No seu iPhone, localize e abra o aplicativo Wallet, representado por um ícone de carteira.
  • Toque no símbolo “+”: Você encontrará este símbolo no canto superior direito do aplicativo, indicando a opção para adicionar um novo cartão.
  • Siga as instruções na tela: O aplicativo irá guiá-lo através do processo de adição de um cartão. Isso geralmente envolve escanear o cartão com a câmera do dispositivo ou inserir manualmente os detalhes do cartão.
  • Verificação do cartão: Dependendo do banco ou instituição financeira, pode ser necessário verificar sua identidade ou confirmar a adição do cartão. Isso pode ser feito através de um código enviado por SMS, e-mail ou através de um aplicativo bancário.
  • Confirmação: Uma vez que o cartão tenha sido verificado e adicionado, ele estará pronto para ser usado com o Apple Pay. Você verá o cartão listado no aplicativo Wallet.

Como usar o Apple Pay em lojas físicas?

O Apple Pay utiliza a tecnologia NFC (Comunicação por Campo de Proximidade) para realizar transações em terminais de pagamento compatíveis. A seguir, mostramos como usar essa funcionalidade:

1. Localize o símbolo do Apple Pay ou NFC

Ao se preparar para pagar em uma loja, procure o símbolo do Apple Pay ou o ícone NFC no terminal de pagamento. Isso indica que o estabelecimento aceita pagamentos via Apple Pay.

2. Desbloqueie seu dispositivo

No iPhone, autentique-se utilizando o Face ID, Touch ID ou o código de acesso. No Apple Watch, pressione duas vezes o botão lateral.

3. Aproxime o dispositivo do leitor

Mantenha a parte superior do iPhone ou a tela do Apple Watch próximo ao leitor de pagamento até que você veja "Concluído" e uma marca de verificação na tela.

Detalhes sobre a autenticação biométrica (Face ID ou Touch ID) necessária para completar as transações:

A Apple dá grande ênfase à segurança do usuário. Ao usar o Apple Pay, é necessária uma forma de autenticação para garantir que a pessoa que está realizando a transação seja realmente o proprietário do dispositivo:

  • Face ID: Se estiver usando um iPhone com Face ID, olhe diretamente para o dispositivo para autenticar. Um pequeno ícone de cadeado se desbloqueará na parte superior da tela, indicando que a autenticação foi bem-sucedida.
  • Touch ID: Para dispositivos com Touch ID, coloque o dedo no sensor de impressão digital até que a transação seja autenticada.
  • Código de acesso: Em situações em que nem o Face ID nem o Touch ID estão disponíveis ou não funcionam, você pode inserir seu código de acesso para autorizar a transação.

Uso do Apple Pay em compras online

O Apple Pay não se limita apenas a lojas físicas – ele também pode ser usado para realizar pagamentos em aplicativos e em sites compatíveis. Veja como:

  • Ao finalizar a compra, procure o botão do Apple Pay ou a opção de pagamento com Apple Pay. Se você estiver logado na sua conta, sua carteira digital já estará disponível para ser usada.
  • Toque no botão Apple Pay para iniciar o processo de pagamento. Você verá um resumo do seu pedido, bem como os detalhes do cartão que será utilizado.
  • Assim como em lojas físicas, será necessário autenticar a transação usando o Face ID, Touch ID ou seu código de acesso, dependendo do dispositivo que estiver usando.
  • Após a autenticação bem-sucedida, o pagamento será processado. Uma notificação ou uma confirmação visual na tela indicará que o pagamento foi realizado com sucesso.

Vantagens de utilizar essa forma de pagamento em lojas online

Usar o Apple Pay para compras online oferece várias vantagens para os consumidores.

Rapidez

Elimina a necessidade de inserir manualmente detalhes do cartão de crédito ou débito, acelerando o processo de finalização da compra.

Segurança

A Apple utiliza a tecnologia de tokenização para proteger os detalhes do cartão. Isso significa que os detalhes reais do cartão nunca são compartilhados com o vendedor, reduzindo o risco de fraudes.

Conveniência

Com o Apple Pay, não há necessidade de criar contas em diferentes sites ou lembrar de senhas. Isso simplifica a experiência de compra, especialmente para compras rápidas ou impulsivas.

Privacidade

A Apple valoriza a privacidade do usuário. Ao usar o Apple Pay, o vendedor não recebe informações pessoais, como endereço de e-mail ou número de telefone, a menos que você escolha compartilhá-las.

Apple Pay é seguro?

Uma das principais preocupações dos consumidores ao adotar novas tecnologias de pagamento é a segurança. Felizmente, a Apple projetou o Apple Pay com várias camadas de segurança para garantir que as informações dos usuários permaneçam protegidas.

  • Tokenização: Quando você adiciona um cartão ao Apple Pay, um "token" é gerado. Este token é um número exclusivo que é usado em vez dos detalhes reais do seu cartão. Isso significa que os vendedores nunca têm acesso aos detalhes reais do seu cartão, diminuindo o risco de roubo de dados.
  • Autenticação biométrica: Como mencionado anteriormente, para realizar uma transação usando o Apple Pay, é necessário autenticar-se usando o Face ID, Touch ID ou um código de acesso. Isso serve como uma barreira adicional contra transações não autorizadas.
  • Criptografia de ponta a ponta: As informações relacionadas à transação são criptografadas de ponta a ponta, garantindo que elas permaneçam indecifráveis mesmo se interceptadas.

Como a Apple protege as informações financeiras do usuário

A privacidade é um pilar fundamental da filosofia da Apple, e isso se estende ao Apple Pay. A Apple não armazena detalhes sobre o que você comprou, onde comprou ou quanto pagou. Isso significa que suas transações permanecem privadas entre você, o comerciante e o seu banco.

Os detalhes do cartão, representados pelo token, são armazenados de forma segura no "Elemento Seguro" do dispositivo, um chip especializado que mantém as informações protegidas contra acessos não autorizados.

A Apple não vende suas informações para terceiros e não as compartilha com comerciantes, garantindo que sua privacidade seja mantida ao longo de todo o processo.

Cartões compatíveis com Apple Pay no Brasil

Quer saber se o seu cartão de crédito é aceito no Apple Pay? Confira a lista abaixo e veja as instituições disponíveis na carteira digital da Apple.

  • Banco do Brasil
  • Bradesco
  • BTG+
  • Digio
  • InfinitePay
  • Inter
  • Itaú
  • Next
  • Nomad
  • Nubank
  • Original
  • Porto Seguro
  • Unicred
  • Wise
  • Woop Sicred
  • XP

O cartão virtual da InfinitePay, o InfiniteCard, merece posição de destaque. Se você ainda não conhece, ele é o cartão virtual que devolve parte do dinheiro sempre que é usado.

A cada compra, você recebe de volta 1,5% do valor que gastou. E o melhor de tudo: ele não tem anuidade e você não paga nada pra criar o seu. Saiba todas as informações sobre o InfiniteCard.

Além fazer pagamentos, o iPhone também realiza cobranças por aproximação

O Tap to Pay no iPhone é a tecnologia que possibilita receber pagamentos por aproximação de cartões de crédito ou débito, Apple Pay, Apple Watch e smartphones com outras carteiras digitais diretamente no iPhone e sem a necessidade de maquininhas ou equipamentos adicionais.

Para que você consiga usar o Tap to Pay no iPhone, é necessário que você tenha duas coisas:

  • 1. Um iPhone com NFC

NFC, que é a abreviação de Near Field Communication (ou "comunicação a curta distância" em tradução livre), refere-se a uma tecnologia que possibilita a troca de informações entre dispositivos quando estão próximos um do outro. Confira mais sobre o que é NFC neste artigo.

Os modelos de iPhone habilitados para receber pagamentos por aproximação são o iPhone XS e mais novos, rodando a versão mais recente do iOS.

  • 2. O aplicativo da InfinitePay

A InfinitePay foi a primeira empresa brasileira a oferecer a possibilidade de receber pagamentos por aproximação no iPhone no Brasil. Para usá-lo, basta baixar na App Store, fazer o rápido cadastro e em menos de 5 minutos é possível começar a vender com seu iPhone.

O Apple Pay e tecnologias "tap to pay" representam o futuro dos pagamentos digitais. Eles simbolizam a transição de métodos tradicionais para soluções rápidas, seguras e convenientes.

As carteiras digitais, como o Apple Pay, oferecem não só uma experiência de compra mais fluída, mas também um nível superior de segurança através de recursos como tokenização e autenticação biométrica.

À medida que a tecnologia avança, é evidente que estamos nos movendo para uma era onde eficiência e conveniência em transações financeiras são priorizadas. Em resumo, o futuro dos pagamentos chegou – e é digital.

fique ligado

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.

Imagem de uma pessoa segurando um smartphone exibindo a tela de gestão de cobranças com gráficos de faturamento semanal.