Boleto bancário: como funciona, tipos e muito mais
boleto bancário: uma pessoa sentada com o celular na mão mostrando a seção de boletos no app da InfinitePay

Boleto bancário: como funciona, tipos e muito mais

Boleto bancário: Saiba como emitir, pagar e as vantagens

15/02/2024

11

Copiar link

O boleto bancário é um método de pagamento popular no Brasil, utilizado para compras online, pagamentos de contas e outros tipos de transações.

Segundo um estudo da FEBRABAN, depois do Pix, os meios de pagamentos preferidos dos brasileiros foram o cartão de crédito (18,2 bilhões) e o cartão de débito (15,6 bilhões), seguido de boleto (4 bilhões). 

A utilização de boletos bancários é uma prática comum entre empresas, sendo que, em média, 3,6 bilhões de boletos de cobrança são emitidos por ano.

História do boleto bancário

Em 7 de outubro de 1993, o Banco Central deu vida a um documento bancário de grande importância para o sistema financeiro brasileiro: o boleto bancário. Sua criação, oficializada pela Carta Circular nº 2.414, foi resultado de um trabalho conjunto entre o Banco Central, o Centro Nacional de Estudos da Arrecadação Bancária (CENEABAN) e a Federação Brasileira dos Bancos (FEBRABAN). O CENEABAN definiu as características gerais e o formato do boleto, enquanto a FEBRABAN se encarregou de padronizá-lo para garantir sua utilização em todo o território nacional.

O boleto bancário, desde então, tornou-se um dos principais instrumentos de pagamento no Brasil, utilizado por milhões de pessoas e empresas para realizar transações financeiras de forma segura e eficiente.

Como funciona um boleto bancário?

Quando uma empresa ou indivíduo emite um boleto bancário, está criando um título de cobrança. O pagador, então, deve efetuar o pagamento do boleto antes da data de vencimento para evitar multas e juros. Após o pagamento, o banco processa a transação e repassa o valor para a conta do cedente, geralmente em um prazo de um a dois dias úteis.

Os elementos essenciais de um boleto bancário são:

1. Identificação do devedor

Nome completo e legível do devedor.

Endereço completo do devedor (CEP, estado, cidade, bairro, rua, número e complemento, se houver).

CPF ou CNPJ do devedor.

2. Identificação do credor

Nome completo e legível do credor.

Endereço completo do credor (CEP, estado, cidade, bairro, rua, número e complemento, se houver).

CPF ou CNPJ do credor.

3. Descrição da dívida

Valor total da dívida em reais e centavos.

Discriminação dos itens que compõem a dívida (produtos, serviços, datas, etc.).

Origem da dívida (nota fiscal, contrato, etc.).

4. Data de vencimento da dívida

Data limite para o pagamento da dívida.

5. Multas e juros

Multas e juros devidos em caso de atraso no pagamento (percentual e valor total).

6. Condições de pagamento

Formas de pagamento aceitas (dinheiro, cheque, cartão, etc.).

Prazo para pagamento após o vencimento (se houver).

7. Assinatura do credor

Assinatura original do credor ou representante legal.

8. Declaração de quitação

Espaço para o devedor assinar após o pagamento da dívida.

Qual o tempo de compensação de um boleto bancário?

De acordo com a FEBRABAN, o prazo máximo para compensação de um boleto é de 3 dias úteis a partir da data de pagamento.

Porém para compensar antes do tempo máximo depende de alguns fatores:

  • Data e horário do pagamento:

Dias úteis:

Se você pagar o boleto até às 20h, o pagamento será processado no mesmo dia.

Se você pagar o boleto após às 20h, o pagamento será processado no próximo dia útil.

Finais de semana e feriados:

Pagamentos realizados em finais de semana ou feriados serão processados no próximo dia útil.

  • Instituição financeira:

Bancos:

A maioria dos bancos processa os pagamentos de boletos em até 24 horas após a confirmação do pagamento.

Alguns bancos podem levar até 3 dias úteis para processar o pagamento.

Lotéricas:

O pagamento de boletos em lotéricas pode levar até 3 dias úteis para ser processado.

  • Internet banking e aplicativos de pagamento:

O pagamento de boletos via internet banking ou aplicativos de pagamento geralmente é processado em até 1 dia útil.

  • Boleto gerados pela InfinitePay

Na InfinitePay, a compensação ocorre em até 3 dias úteis, após confirmação do pagamento!

O boleto bancário é dividido em 2 partes

  1. Recibo do Sacado: para o comprador, com informações da compra e código de barras para pagamento.
  2. Ficha de Compensação: para o banco, com informações para processamento do pagamento.

Você também pode se interessar por: 

Tipos de boleto bancário

Boleto bancário registrado

Um boleto registrado é um documento de cobrança que possui todas as informações sobre a operação financeira cadastrada junto a uma instituição bancária. Isso significa que o banco tem o registro de todos os detalhes da transação, como os dados do emissor, do pagador, o valor da cobrança, a data de vencimento, entre outros.

Boleto bancário sem registro

Um boleto sem registro é um tipo de documento de cobrança que era utilizado para realizar operações de pagamento sem que houvesse a necessidade de informar previamente ao banco emissor todos os detalhes da transação, como os dados do pagador, do beneficiário, o valor, a data de vencimento, entre outros.

Diferentemente do boleto registrado, que exige o cadastro dessas informações no sistema do banco antes da emissão, o boleto sem registro permitia uma maior flexibilidade na emissão e gestão de cobranças.

Com a implementação da Nova Plataforma de Cobrança pela Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), a emissão de boletos sem registro foi progressivamente descontinuada, tornando obrigatório o registro de todos os boletos, independentemente do valor. Isso visa aumentar a segurança nas transações, reduzir as fraudes e melhorar a eficiência do sistema de cobranças no país.

Boleto bancário à vista

Um boleto à vista é um tipo de documento de cobrança que deve ser pago em uma única parcela, no momento da apresentação ou até a data de vencimento estipulada no documento.

Diferentemente dos boletos parcelados ou de pagamentos programados para datas futuras, o boleto à vista exige que o pagamento seja realizado integralmente em um curto período de tempo, geralmente até a data de vencimento indicada no próprio boleto.

Boleto bancário parcelado

Um boleto parcelado é um tipo de documento de cobrança que permite ao pagador efetuar o pagamento de um produto ou serviço em várias parcelas ao longo do tempo, conforme acordado entre o emissor do boleto (vendedor ou prestador de serviço) e o pagador (cliente).

Cada parcela é representada por um boleto distinto, com datas de vencimento estabelecidas para períodos futuros, permitindo que o pagador divida o montante total devido em várias partes, tornando o pagamento mais flexível e acessível.

As regras que regem o boleto bancário: Tudo o que você precisa saber

Após entendermos o que é e como funciona o boleto bancário, vamos explorar as regras que definem esse importante método de pagamento no Brasil.

Modernização e segurança

Uma mudança crucial que o sistema de boletos vivenciou foi a implementação gradual da Nova Plataforma de Boletos de Pagamento, também conhecida como Lei do Boleto Bancário. Essa plataforma visa modernizar o processo de liquidação dos boletos, criando mecanismos que garantem controle, segurança e confiabilidade para as transações.

Instituição e medidas

A plataforma foi instituída pelas circulares nº 3.598/12 e 3.656/13 do Banco Central, que determinaram a inclusão de dados mais específicos nas transações via boleto, como CPF ou CNPJ do beneficiário e do pagador, data de vencimento e valor do título.

Combate às fraudes

Um dos principais objetivos dessa mudança era reduzir o número de fraudes relacionadas à emissão de boletos falsos. Com a nova plataforma, o chamado "boleto simples" ou "boleto sem registro", que não era registrado e, portanto, não era conhecido pelos bancos, deixou de existir.

Benefícios para os pagadores

O processo de modernização, iniciado em 2015 e finalizado em 2018, também trouxe benefícios para os pagadores. Antes da Nova Plataforma, os boletos vencidos só podiam ser pagos no banco emissor. O cliente precisava ir até a instituição ou solicitar uma segunda via ao cedente com os valores atualizados.

Pagamento em qualquer banco

Desde 2018, boletos vencidos com valores iguais ou superiores a R$ 800 podem ser pagos em qualquer banco ou instituição financeira, inclusive casas lotéricas, com atualização de juros e multas no momento do pagamento.

Maior praticidade e segurança

A Nova Plataforma de Boletos de Pagamento representa um marco na evolução do sistema, proporcionando maior praticidade, segurança e confiabilidade para todos os envolvidos:

Beneficiários

  • Maior controle sobre as transações
  • Redução do risco de fraudes
  • Maior segurança para recebimentos

Pagadores

  • Mais opções de pagamento
  • Maior praticidade para pagamentos em atraso
  • Transações mais seguras

Mas afinal, como emitir um boleto bancário?

A emissão de boletos bancários não é mais exclusividade de empresas! Tanto pessoas físicas quanto jurídicas podem gerar seus próprios boletos, facilitando a gestão de cobranças e recebimentos. 

Leia mais: Guia completo de como gerar boleto

Requisitos para emitir boletos

  • Conta bancária:

A maneira mais tradicional de emitir boletos é através de uma conta bancária.

Cada banco possui suas regras e taxas para emissão, consulte o seu para mais informações.

Na conta Inteligente da InfinitePay você emite boleto grátis e ganha uma gestão de cobranças para administrar suas vendas. Não precisa ser CNPJ e nem ter um e-commerce, comece já!

  • Carteira de cobrança:

Plataformas online oferecem carteiras de cobrança para emissão de boletos sem necessidade de conta bancária.

Essa opção geralmente é mais vantajosa para quem emite poucos boletos ou busca flexibilidade.

Como emitir boleto bancário no app da InfinitePay?

1. Entre no app da InfinitePay

(baixe aqui, caso ainda não tenha o app no seu celular)

2. Na parte inferior do app, clique no símbolo da InfinitePay

3. Vá em Gestão de Cobrança

4. Adicione um novo cliente ou selecione um já existente 

5. Escolha o valor e clique em "Revisar cobrança"

6. Ajuste os detalhes de parcelamento, se prefere repassar a taxa para o cliente, validade do boleto bancário e tipo de cobrança (se única ou recorrente) 

7. Pronto! É só enviar o boleto bancário automatizado para seu cliente. 

Como pagar um boleto bancário no app da InfinitePay?

1. Entre no app da InfinitePay

(baixe aqui, caso ainda não tenha o app no seu celular)

2. Na seção do app “Seu banco”, clique em “Pagar boleto bancário”

3. Escaneie o código de barras do boleto ou insira os números manualmente

4. Pronto! O boleto será pago com sucesso dentro do app. 

Leia mais: Como pagar boletos no App InfinitePay?

fique ligado

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.

Imagem de uma pessoa segurando um smartphone exibindo a tela de gestão de cobranças com gráficos de faturamento semanal.