Foi com um sonho e muita determinação que a Tchella, moradora de São Roque - SP, decidiu se tornar uma empreendedora.


Os primeiros passos da Tchella no ramo do empreendedorismo surgiram quando ela decidiu ir à capital paulista para comprar roupas e revendê-las de porta em porta por São Roque.


Com seu carisma e sua habilidade de vender, Tchella se sentiu segura para dar um importante passo em sua jornada empreendedora. Ela abriu as portas da Tchella Boutique, sua loja física! 


Com um ambiente agradável, roupas incríveis e seu jeitinho especial para cativar a clientela, Tchella tinha tudo para fazer o seu negócio decolar, no entanto, na hora de receber o lucro de suas vendas, o sorriso no rosto de Tchella dava lugar à preocupação.


‘’ Os juros da minha maquininha comiam minha alma. O valor para antecipar as vendas parceladas era absurdo, muitas vezes optei por pedir dinheiro emprestado para agiota, os juros eram menores que os da minha máquina!", conta a empreendedora.


Não demorou muito para os empréstimos, cheques e juros formarem uma bola de neve, que ameaçava o futuro da Tchella Boutique. Mas o relacionamento entre Tchella e InfinitePay traria um sopro de esperança ao futuro da empreendedora. 


Foi com desconfiança que a Tchella olhou para a proposta do Marcelo, revendedor local da InfinitePay. As taxas eram baixas demais, tudo parecia muito bom pra ser verdade. Mas assinar aquele contrato mudaria a vida da empreendedora de São Roque que começou no empreendedorismo vendo roupa de porta em porta. Tchella foi a primeira cliente, a primeira parceria da InfinitePay! 


















‘’Meu faturamento aumentou uns 30, 40%! Antigamente eu consegui parcelar em até 3 no máximo! Hoje eu consigo oferecer um parcelamento em até 12x! Mudou até a forma que a mulherada olha para as roupas, conta Tchella sorrindo’’.


A economia foi tanta que Tchella conquistou o sonho do seu primeiro carro zero! 


‘’Hoje eu consigo colocar a cabeça no travesseiro e dormir! Não existe mais agiota e nem crédito especial de banco na minha vida. O que antes eram juros de maquininha, agora é lucro que cai na minha conta no dia útil seguinte! Foi assim que comprei o meu primeiro carro zero!, conta Tchella’’.


Além do carro zero, Tchella conquistou de volta o seu sorriso, inclusive ela mesma conta animada que está usando um novo aparelho nos dentes e que agora quer se cuidar e viajar bastante! Confira nosso papo com ela íntegra: