Novas tecnologias surgem a todo momento, e com isso, manter a eficiência e a competitividade é um desafio constante para todos os setores. O mercado de material de construção é um exemplo disso: nele, a inovação gera uma demanda por sustentabilidade e conveniência -- e o futuro do seu negócio passa por isso.

Para ajudar você a ficar por dentro e se preparar para essas mudanças, aqui vão as principais tendências no mercado de material de construção, e como você pode tornar o seu negócio mais eficiente e ecologicamente responsável.





MERCADO AQUECIDO

Apesar da pandemia de COVID-19, o ano de 2021 tem se mostrado positivo para o setor de material de construção. A perspectiva para este ano, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (ABRAMAT), é de uma alta de 4% no faturamento na comparação com 2020. Os números mais atualizados da entidade, divulgados em janeiro, mostram um aumento de 12,8% no faturamento do setor, comparado com janeiro de 2020.

MATERIAIS SUSTENTÁVEIS

Um mercado aquecido indica aumento nas obras, e com a maior atividade do setor de construção, é preciso pensar nos impactos que ele traz para as pessoas e o planeta. Afinal de contas, a sustentabilidade é mais do que uma tendência: ela é uma necessidade. Preservar recursos ambientais, usar a energia racionalmente e reduzir as emissões de carbono é fundamental para garantir qualidade de vida para as próximas gerações.

Por isso, o mercado da construção civil dá cada vez mais preferência ao uso de materiais recicláveis e biodegradáveis. Várias opções de materiais sustentáveis já são uma realidade, como as tintas e tijolos ecológicos. Eles são feitos de matérias-primas biodegradáveis ou renováveis, com baixo consumo de energia e de água, e sem emissões de compostos tóxicos.

O aço e o concreto reciclados, além do concreto reforçado com madeira, bambu ou fibras naturais, são outros exemplos de material de construção sustentável. E mais:


  • Revestimento ecológico à base de argila e fibras vegetais, que pode otimizar o conforto térmico de ambientes internos;
  • Iluminação de LED, que consome muito menos energia que as lâmpadas comuns;
  • Bioplástico, que se decompõe muito mais rapidamente que o plástico comum;
  • Bambu, um recurso renovável que substitui a madeira tradicional;
  • Lã natural de ovelha como isolante térmico eficiente em paredes, tetos e sótãos;
  • Painéis de energia solar, para geração sustentável de energia;
  • Argamassa de argila, cuja produção traz menos impacto ambiental que a argamassa tradicional.


TECNOLOGIA & INOVAÇÃO

Quando pensa em tecnologia e inovação, talvez você imagine robôs e materiais sintetizados em laboratório. No entanto, inovar na área de material de construção também é tornar os projetos mais eficientes, usando materiais de qualidade melhor e mais duráveis, ou fabricados a partir de rejeitos de demolição.

Um exemplo disso é o ecogranito: com aparência muito semelhante à do granito comum, ele pode ser até 5 vezes mais barato. O ecogranito é produzido com resíduos do processo de extração de mármores e granitos. O resultado é um revestimento inovador e leve, com um mecanismo de impermeabilização inteligente que evita o aparecimento de infiltrações e estufamentos.

Outro material altamente inovador é o bioconcreto, uma alternativa ao concreto tradicional que, diante da formação de rachaduras, se autopreenche pela ação de bactérias. Parece coisa de ficção científica, mas o bioconcreto é já uma realidade.

Além disso, outros materiais e soluções para a construção civil passam por inovações constantes, mesmo que sejam usados há um bom tempo. É o caso dos temporizadores e reguladores para torneiras, pias e vasos sanitários. Esses recursos podem não ser uma novidade, mas a tecnologia faz com que eles reduzam o gasto e evitem o desperdício de água de maneira cada vez mais eficiente.


SOLUÇÕES DIGITAIS PARA VENDAS

A pandemia acelerou muitas mudanças no consumo, principalmente na migração do varejo para o digital. Os consumidores exigem mais conveniência e eficiência para pesquisar e fechar pedidos a qualquer hora, em qualquer lugar, e com opções rápidas de entrega.

Pensando nisso, investir no online é fundamental para o mercado de material de construção. Assim, não apenas você aumenta as vendas, mas também conquista clientes, já que ir à loja física não é mais obrigação para os consumidores.

Você pode construir seu próprio e-commerce, por exemplo, se estiver disposto a investir e contratar uma empresa especializada no desenvolvimento de sites de empresas. Se você não quiser gastar, não tem problema: o Confere Shop é um serviço em que você cria sua loja online de graça em apenas 3 minutos!

Você também pode apostar em plataformas como os marketplaces, onde diferentes empreendedores podem anunciar e vender seus produtos.

Para ampliar a divulgação dos seus produtos e construir relacões com clientes, redes sociais como o Instagram e o Facebook são excelentes opções. Com um investimento relativamente baixo, você consegue criar uma vitrine de grande alcance para a sua loja e direcionar os usuários para a sua página de e-commerce.

Outra forma de se destacar da concorrência na internet é fazendo campanhas pagas em ferramentas de busca, como o Google, nas redes sociais, ou mesmo no YouTube. Assim, o seu anúncio pode aparecer para os usuários, dependendo do que eles buscarem ou de acordo com o seu perfil de consumo, aumentando suas chances de vender. Por isso, é importante ter uma presença online (criando e atualizando um perfil no Google Meu Negócio, por exemplo), para que as pessoas tenham informações sobre a sua loja quando buscarem pela sua marca.

A inovação também está na forma de receber pagamentos. Com a InfinitePay, você tem várias oportunidades para oferecer preços competitivos. A InfinitePay oferece parcelamento em 12 vezes, por exemplo, o que aumenta o ticket médio dos clientes. Além disso, você recebe o dinheiro um dia útil após a compra, ajudando o seu fluxo de caixa e possibilitando que você invista mais no seu negócio.


A InfinitePay é a solução de pagamentos ideal para sua empresa crescer cada vez mais. Faça parte de uma economia onde todo mundo ganha!