7 dicas para evitar desperdícios na sua empresa

7 dicas para evitar desperdícios na sua empresa

Cortando gastos desnecessários no seu negócio, você ganha produtividade e qualidade. Confira 7 dicas para evitar desperdícios na sua empresa

03/03/2022

6

Copiar link

Desperdícios são prejudiciais para empresas de qualquer tamanho. No entanto, eles trazem ainda mais riscos às Pequenas e Microempresas (PMEs), assim como às Microempresas Individuais (MEIs), que geralmente têm margens de manobra menores para contornar problemas de caixa.

Você sabe que tipos de desperdício podem trazer mais problemas? Você tem ideia de onde estão os “furos” no seu negócio? Vamos olhar pra alguns exemplos de desperdício e como evitá-los para garantir um futuro de sucesso para a sua empresa!

Dois caminhos possíveis

Toda empresa busca o máximo de rentabilidade, né? E você sabe que, para chegar lá, existem dois caminhos principais:

  • Aumentar o faturamento e melhorar o lucro, ou;
  • Cortar custos e despesas desnecessários ou supérfluos.

Claro, todo mundo que empreende sonha em ver seu faturamento aumentando, mas esse é um cenário difícil de atingir ou de manter. Assim, uma opção é apostar no plano B — ou seja, reduzindo desperdícios.

Com cautela! Cortar gastos exige o máximo de cuidado e visão estratégica. Demitir funcionários ou fazer um produto ou serviço de pior qualidade, por exemplo, até pode trazer resultados imediatos. Mas não se engane: se os seus clientes sentirem uma piora naquilo que você entrega, seu faturamento pode cair e seu negócio vai estar em sério risco.

Por onde começar?

Assim, como ter certeza de que os cortes estão sendo feitos corretamente? Antes de sair reduzindo despesas, olhe pra esses quatro passos fundamentais que podem dar mais clareza de onde e como “tapar os furos” no seu negócio:

  • Identificar os desperdícios;
  • Mensurar o seu tamanho e impacto;
  • Criar planos de ação para reduzi-los ou eliminá-los;
  • Nomear um responsável por implementar o plano.

7 Dicas contra o desperdício

Você conhece a Toyota, certo? Talvez você não saiba que essa montadora japonesa também é referência em produtividade e eficência desde o fim dos anos 1940. Nessa época, eles adotaram um sistema de produção que ficou famoso em todo o mundo, dando origem a uma filosofia organizacional chamada lean thinking (ou “pensamento enxuto”).

Essa filosofia trabalha com sete categorias principais de desperdício, que se aplicam não apenas a grandes empresas como a Toyota, mas também a pequenos negócios. A partir dessas categorias (que você pode conferir em detalhes nesta publicação do Sebrae), traçamos sete dicas básicas para te ajudar a evitar o desperdício:

  1. Evite defeitos de produção - Defeitos tiram o valor do que você produz e podem causar retrabalho. Assim, dê atenção a todos detalhes do seu negócio e crie processos de qualidade.
  2. Produza apenas o necessário - Por maior que seja a sua capacidade, evite produzir em excesso. Produza de acordo com a demanda dos clientes, e encontre outras formas de usar seus recursos.
  3. Excesso de estoque = dinheiro parado - Seu estoque está cheio de produtos, insumos e outros materiais? Evite isso ao máximo: esses itens podem se deteriorar e esse espaço pode ser usado para outros fins.
  4. Acabe com o tempo ocioso - Pessoas ou equipamentos parados sem motivo é uma forma clara de desperdício. Pense em maneiras de fazer esses recursos valerem 100% do seu investimento.
  5. Otimize as suas entregas - Entregue o que for preciso, onde e quando for preciso. Uma logística ruim pode aumentar seus custos com combustíveis e manutenção, além de danificar seus produtos!
  6. Organize o espaço de trabalho - É isso mesmo! Em um escritório bem planejado, as pessoas gastam menos energia para se movimentar e têm um maior bem-estar, e isso só aumenta a produtividade.
  7. Aprimore o processamento - Precisou mudar o pedido? Entregou o produto errado por falha de comunicação? Isso tudo é desperdício. Melhore o processamento para gerar mais valor ao cliente — e para você.

E uma dica bônus: verifique as taxas que você paga na sua maquininha de cartão. Essa é uma ferramenta essencial no seu dia a dia, e pagar taxas menores nas suas vendas é uma forma implacável de evitar que seu dinheiro vá embora por cobranças abusivas. Com a InfinitePay, você tem taxas a partir de 1,44%, com pagamento no dia útil seguinte — além de link de pagamento grátis no seu pacote!

Com essas dicas, você reduz seus desperdícios, melhora a qualidade dos seus produtos e serviços, deixa os clientes satisfeitos e lucra mais! Receita de sucesso, hein?

Então, mãos à obra e boa sorte! 🚀

fique ligado

Assine nossa newsletter com conteúdo exclusivo.

Imagem de uma pessoa segurando um smartphone exibindo a tela de gestão de cobranças com gráficos de faturamento semanal.