Você já deve ter se deparado com prazos de entrega estendidos na hora de comprar algum produto eletrônico, ou até mesmo na compra de um carro! Isso é reflexo da situação de abastecimento de componentes eletrônicos que está afetando o mundo inteiro. 


Um impacto global 


Desde o início da pandemia, em 2020, o processo de produção e logística de insumos eletrônicos entrou num ritmo mais lento do que sua demanda.


Mas o que aconteceu? 


A explicação para isso é relativamente simples: houve uma explosão no consumo de eletrônicos de 2020 para cá. Com o aumento exponencial da demanda, os preços das matérias-primas subiram e as linhas de produção saturaram. Isso reduziu a oferta. 


Quem paga o pato? 


De forma direta, as indústrias de produtos eletrônicos, hardwares e até mesmo as de automóveis são as principais afetadas por isso tudo. São elas que absorvem os maiores impactos com a demora de abastecimento de peças importadas, que são fundamentais na produção de notebooks, consoles de videogame, celulares, TVs, eletrodomésticos, carros e, não menos importante, dos terminais de pagamento (as conhecidas ‘máquinas de cartão’). 


Por consequência, o consumidor final desses itens espera mais tempo para receber o que comprou, o que pode gerar uma insatisfação compreensível. 


Como uma tentativa para desembaraçar o fornecimento dos itens, algumas fábricas consideram internalizar a produção. Só que isso significa enfrentar os processos de regulamentação, contratação, capacitação de mão-de-obra e aquisição de maquinários, o que não é rápido e barato de fazer. Sendo assim, aguardar se torna inevitável.



Transparência em primeiro lugar


Uma das prioridades para nós da InfinitePay é manter uma relação transparente com nossos parceiros. É por isso que os prazos de entrega que informamos desde o momento do cadastro refletem esse cenário de abastecimento mais lento. 


A gente quer sempre garantir que empreendedoras e empreendedores do Brasil tenham acesso à informação e liberdade de escolha. Assim, não faz sentido passar uma informação incorreta para atrair novos clientes, para depois atualizar com prazos verdadeiros, como pode acontecer em outras empresas do setor. 


Já os valores de produtos eletrônicos de forma geral também sofreram impacto e aumentaram consideravelmente em 2021. Um movimento contrário ao que aconteceu com o preço da InfiniteBlack Smart: é a máquina de cartão mais moderna do país, com o menor preço. É quase como se você estivesse comprando um jato com preço de teco-teco. 


Do nosso lado, a decisão foi garantir uma estrutura que pudesse acolher quem empreende e deseja mais tecnologia e lucro para seu negócio. Isso somado ao fato da InfinitePay ter as menores taxas para receber o pagamento automático e antecipado é uma das questões que torna a adesão à nossa solução ainda mais vantajosa. 


Vender sem maquininha: uma alternativa rentável para sua loja 


A gente sabe que esperar a chegada de um produto como a InfiniteBlack Smart pode ser desafiador. Mas, ao fazer parte da InfinitePay, as suas possibilidades de lucrar muito se multiplicam! Comprando a máquina de cartão, lojistas recebem sem custo algum acesso à venda por link de pagamento, com pagamento via app ou direto do navegador, e a uma plataforma de loja online


Isso significa que as vendas não precisam mais ser só no presencial, dá para surfar a onda das vendas digitais e fazer negócio no Brasil todo. 


É o combo completo para o negócio faturar mais. Só em 2020, houve um aumento de 68,4% no volume de compras online, totalizando mais de 300 milhões de pedidos. Para 2021, a tendência é de um aumento de 19% em relação ao ano anterior. Quem empreende certamente não vai querer perder a oportunidade de vender mais, certo? Então a InfinitePay tem o combo de soluções perfeito para isso. 


A InfinitePay nasceu para ajudar e trazer soluções aos empreendedores. Por isso, criamos conteúdos como esse para facilitar e alavancar o crescimento do seu negócio!